Juventus e Barcelona teriam acordo

 


Deixar o Barcelona e, enfim, partir para a Itália. E, de acordo com o jornalista Tancredi Palmeri, o clube italiano chegou a um acordo financeiro com o Barcelona, dias depois de a imprensa local apontar que o uruguaio já havia acertado seu salário com a Juve.

Prometeu pagar 3 milhões de euros (R$ 18 milhões) pelo uruguaio, além de outros 13 milhões de euros (R$ 81 milhões) a depender de metas. Metade deste valor variável estaria atrelado a objetivos simples, enquanto a outra parte dependeria do futuro da equipe italiana em Turim.

O uruguaio deseja receber o salário relativo ao ano de contrato restante com o time espanhol, e a diretoria faz jogo duro para negociar a rescisão sem pagar os valores integralmente. Ambos estariam buscando termos aceitáveis para as duas partes.

Elenco do Barcelona; Umtiti recebe alta após infecção por coronavírus

Estrangeiro dentro do elenco. No Barça, ele não contava como extracomunitário porque a liga espanhola aceitava o passaporte de sua esposa, Sofía Balbi, descendente de italianos. Na Série A, as regras exigem que o próprio jogador tenha dupla nacionalidade.

Juventus, segundo o jornalista Gianluca Di Marzio. Os italianos estariam monitorando o caso de perto e, caso Suárez não consiga resolver a burocracia, buscariam Dzeko como uma opção para reforçar o ataque.

Teria acertado para receber cerca de 10 milhões de euros (R$ 62,7 milhões) líquidos por temporada - diminuindo seu salário com relação ao que ganhava no Barcelona. O jogador se manifestou no último sábado pela primeira desde que surgiram as notícias de que deixaria o Camp Nou. Em uma postagem no Instagram, ele fez questão de se mostrar otimista, enquanto vem treinando com o Barça, que se reapresentou na última semana.



FONTE: GLOBO ESPORTE

Postar um comentário

0 Comentários